DevSummit: como foi a conferência de developers para developers?

Desafiámos todos os programadores que quisessem juntar-se a nós, a libertarem o seu código, numa conferência de developers para developers. O resultado foi horas e horas a ouvir e a falar de estratégias de programação e linhas de código, em que o “programês” foi a linguagem de ordem.

Emanuel Teixeira DevSummit2018 Support Team Lead PHC Software
Emanuel Teixeira, Support Team Lead da PHC, desvendou-nos os segredos da Framework

No passado dia 26 de outubro, reunimos, no mesmo espaço, profissionais e jovens programadores com uma característica muito particular em comum: o “bichinho” pela programação.

Uma oportunidade única para explorar os conceitos tecnológicos mais atuais, descobrir com que linhas de código são criadas as aplicações mais bem-sucedidas do mercado, desenvolver habilidades e competências nas frameworks que a maioria das empresas utiliza, juntar pessoas que falam a mesma linguagem – HTML 5, CSS 3, Javascript, Angular e VB.net foram algumas das mais faladas –, e, quiçá, promover colaborações futuras.

Francisco Caselli, diretor de Performance Analytics da PHC, abriu o DevSummit com o tema “O que se espera de um super programador?”
Francisco Caselli, diretor de Performance Analytics da PHC, abriu o DevSummit com o tema “O que se espera de um super programador?”

Apaixonados que somos pela área de desenvolvimento de software, sentimos que faltava ao país um evento totalmente dedicado à programação, e foi assim que nasceu o DevSummit
explica Ricardo Parreira, CEO da PHC.

 

Um ciclo de conferências e diversas sessões vocacionadas para programadores, conduzidas por reconhecidos oradores, especialistas e profissionais da área, onde foram abordadas as principais tendências e novidades da programação e as melhores práticas.

Sempre com duas sessões a decorrer em simultâneo, atendendo aos diferentes níveis de senioridade dos participantes, o evento atraiu tanto alunos sedentos de conhecimento, como programadores de longa data, curiosos para contactar com outras linguagens. Salas sempre lotadas ajudam a suportar o balanço, que superou expetativas, e a antever o “repeat” no futuro: “A adesão foi tanta, que o desejo é o de repetir, claro”, partilha o CEO.

Carlos Martins, Development Manager, e Ricardo Parreira, CEO da PHC, no final de uma das sessões
Carlos Martins, Development Manager, e Ricardo Parreira, CEO da PHC, no final de uma das sessões

“Futuro”, “aprendizagem” e “evolução” foram algumas das palavras utilizadas por quem trata a programação por “tu”, para descrever o primeiro evento nacional inteiramente dedicado à programação.

Para o ano haverá mais.

Vemo-nos por lá?

O vídeo que se segue, compila os melhores momentos.

Veja também…