Dia da Praia PHC: “Olha a bola de Berlim fresquinha!”

Se o escritório não vai à praia, na PHC fazemos com que a praia vá ao escritório. E, neste verão que anda tão tímido, a tradição PHCiana soube ainda melhor: pelo quarto ano consecutivo, trouxemos a praia connosco para um dia diferente de trabalho, a 5 de julho. Chinelos de praia, biquínis, chapéus de sol, pranchas de bodyboard, geleiras, óculos de sol, boias e raquetes foram alguns dos adereços que marcaram presença. E, para um final de dia digno dos melhores dias de férias, nem as bolas de Berlim faltaram.

 

 

Sabemos que sentir a areia nos pés quando se vai trabalhar não é usual na maioria das empresas. No entanto, mesmo sem areia, a verdade é que a praia faz parte do pensamento comum de muitos dos que vão trabalhar nos meses de verão.

Quer estejamos já a pensar nas férias que aí vêm, nas férias que já terminaram ou, simplesmente, nos planos do fim-de-semana, imaginar um oásis de mar azul, areia suave e calor é comum para a época do ano – mesmo em pleno horário de trabalho.

 

 

Para contrariar esta tendência natural para a dispersão (quando o calor se faz sentir), o Dia da Praia PHC aproveita a onda do verão para incentivar a um mergulho na criatividade. É um dia mais descontraído, em que a diversão ajuda a quebrar a rotina e a manter a boa-disposição, numa iniciativa Fun at Speed. Afinal, tudo se torna mais feliz quando vamos trabalhar de chinelos, certo?

 

Mood de praia? Todos os detalhes contam

Resta a questão: como é que se tornam os escritórios de uma software house numa praia improvisada? Sobretudo com a criatividade e boas energias de cada um dos PHCs. Tal como nas edições anteriores do Dia da Praia, fomos desafiados a vestirmo-nos a rigor para a ocasião. Por isso, não faltaram chapéus, vestidos de praia, calções e padrões havaianos.

 

 

No entanto, mais do que a roupa, são os adereços certos que fazem a festa. Ou, neste caso, a praia. A equipa incansável dos Recursos Humanos deu uma ajuda à decoração – mas esta Praia PHC foi resultado de um verdadeiro trabalho coletivo.

Todos os PHCs puderam trazer e espalhar os objetos adequados para este espírito de praia no escritório. Por isso, e ao lado das comuns secretárias, computadores e impressoras, outros objetos inusitados espreitavam aqui e acolá: baldes de brincar, pranchas, um colorido chapéu-de-sol ou até uma grande espreguiçadeira para descansar pós-almoço. Tudo a postos para um dia de trabalho diferente do habitual.

 

 

 

Bolas de Berlim & Happy Hour: o duo irresistível de verão

Para muitos, um dia de praia só se torna perfeito quando é acompanhado de uma bola de Berlim. Por isso, esta iguaria faz também parte da tradição de praia da PHC. Com ou sem creme – à vontade do freguês – esta guloseima foi distribuída pelos PHCs de Lisboa, Porto e Madrid, à hora do lanche. De comer e lambuzar por mais.

 

 

 

 

Por fim, e como o verão é também sinónimo de convívio numa esplanada, fechámos o dia de praia com uma Happy Hour fora do escritório. Como habitual nas nossas Happy Hours– uma quinta-feira por mês, durante todo o ano –, a primeira rodada é por conta da PHC. Depois, é altura de trocar piadas, contar histórias e, simplesmente, conversar. Não é preciso puxar muito a memória para nos lembrarmos de um ou outro dia de praia fantástico que também terminou assim: numa esplanada, em convívio, para mais um brinde.

 

Veja também…