Orbitur

A empresa pioneira no turismo ao ar livre implementou o PHC Advanced CS e conseguiu interligar a faturação de todos os parques de campismo numa única base de dados e ter dados reais e atuais sobre o seu desempenho

Há mais de 50 anos que a Orbitur recebe campistas um pouco por todo o país. Pioneira no turismo de ar livre em Portugal, a empresa lidera o setor e tem mantido um crescimento sustentado, contando atualmente com mais de 20 parques de campismo espalhados por Portugal, nos quais é possível acampar ou habitar uma das muitas estruturas disponíveis.

As necessidades de cumprir com as novas imposições legais e de ter acesso à informação em tempo real da faturação, levaram a empresa a confiar nas novas tecnologias, mais concretamente nas soluções da PHC.

Solução escolhida

De acordo com Patrícia Vieira, da Orbitur, a empresa precisava, por um lado, de “implementar uma tecnologia que desse a segurança de que estávamos a responder a todas as obrigações legais”. Porém, continuou, “temos também várias unidades espalhadas por todo o país, e tínhamos a necessidade de ter um software que permitisse, em tempo real, obter os dados sobre o que cada unidade estava a faturar”.

A empresa contactou então a empresa Tecnologias Imaginadas, que implementou o PHC Advanced CS com os módulos PHC Gestão CS, PHC POS CS, PHC Restauração CS e PHC Documentos Eletrónicos CS.

Para que os gestores da empresa pudessem ter acesso em tempo real ao que cada parque de campismo estava a faturar, a empresa implementou a solução PHC POS CS em todas as caixas registadoras da Orbitur.

Benefícios do projecto

Com a solução da PHC, todos os fechos de caixa, que acontecem ao fim do dia, ficam de imediato centralizados e na contabilidade na sede do Grupo. Agora, a partir da sede ou em qualquer outro local, basta uma ligação à Internet para apurar todas as vendas que estão a ser feitas.

“Temos a informação da gestão centralizada numa única base de dados, os dados chegam-nos de forma mais rápida e são mais fiáveis, e podemos trabalhá-los de uma forma mais eficaz”, revelou Patrícia Vieira. “Todas as unidades utilizam a mesma aplicação e os mesmos preços, e a sede, de uma forma centralizada, pode difundir a informação para as unidades todas em tempo útil”, acrescentou a responsável.

Novembro 2013