Manuquímica

Um passo à frente com Software PHC

O aumento da competitividade e a constante procura por uma maior qualidade de serviço foram algumas das razões que levaram a Manuquímica, empresa de produção de produtos químicos de manutenção industrial, a confiar nas soluções da PHC.

 

Solução escolhida

Corria o ano de 1998 quando a empresa implementou uma solução da software-house nacional composta pelos módulos Empresa, Contabilidade, Recursos Humanos, Imobilizado e Letras.
Depois desse projecto, a Manuquímica tem-se mantido actualizada no que respeita ao seu software de gestão, usando presentemente PHC Advanced 2006, com os módulos PHC Contabilidade, PHC CRM, PHC Gestão, PHC Lotes, PHC Imobilizado, PHC Pessoal e PHC Letras. Em plena preparação encontra-se a mudança para a versão 2008, mais um passo seguro na estratégia da empresa de fornecer o melhor serviço ao cliente e de se manter um passo à frente da concorrência. De acordo com Bruno Alcobia, Director Financeiro da Manuquímica, a empresa escolheu as aplicações da PHC pois “conseguiam integrar todos os sectores da empresa, permitindo deixar para trás a solução de controlo de compras criada internamente e um programa de facturação que a empresa usava até então”.

A escolha do implementador

Com o suporte e assistência da DeviseNet, a implementação das novas soluções da PHC “facilitaram o negócio da empresa, uma vez que automatizaram processos e permitiram maior rapidez de decisão com base em informações disponíveis mais rapidamente, permitindo responder a um maior número de solicitações externas num menor espaço de tempo”, referiu o mesmo responsável.

Benefícios do projecto

“À medida que vão surgindo mais evoluções, todas as funções do software vão ficando mais perceptíveis na sua utilização, pelo que a vantagem que se retira do funcionamento em janela está agora aumentada e facilitada com os menus de busca rápida, que permitem agilizar o processo de trabalho”, acrescentou Bruno Alcobia. Com os upgrades sucessivos, a formação “não é de todo necessária pois o método de trabalho inicial não se altera”, disse o director financeiro. “Apenas é necessária formação quando se contrata um novo trabalhador, mas a mesma pode ser realizada internamente”, avançou.

Na implementação inicial da solução, que durou cerca de um mês, foram sete os recursos envolvidos, sem contar com os da empresa integradora. De momento, todas as pessoas que trabalham directamente com a aplicação “são envolvidas na implementação de novas soluções e de métodos de trabalho, que facilitam o decorrer da actividade empresarial”, disse o responsável, que acrescentou ainda estar a ser ponderada a aquisição do módulo PHC ControlDoc.