Universidade Portucalense

PHC passa no exame da Universidade Portucalense

A Universidade Portucalense Infante D. Henrique é um estabelecimento de ensino superior cooperativo e de investigação científica. A instituição ministra diferentes cursos de 1º, 2º e 3º ciclos e pós-graduações, para os quais conta com um corpo docente próprio, habilitado e qualificado, distribuído por quatro Departamentos: Direito, Ciências da Educação e do Património, Ciências Económicas e Empresariais e Inovação Ciência e Tecnologia. Com os olhos colocados no futuro, a instituição decidiu deixar para trás a solução GIAF, da Indra, e confiar no Software PHC para a melhorar a sua gestão.

 

Solução escolhida

Com uma visão avançada de gestão e com a ambição de abraçar uma posição vanguardista a nível de organização e de controlo de custos, a Universidade Portucalense lançou-se no mercado com o objectivo de encontrar uma solução que colmatasse as falhas que a sua ferramenta anterior apresentava. A Universidade Portucalense tem uma componente formativa muito diversificada, e num negócio como o ensino e de tão grande dimensão, como o desta instituição, o controlo das horas de formação é importante para que a gestão de custos seja feita com rigor e fiabilidade. Fruto disso, a necessidade de aceder a informações cruciais de forma rápida e credível é essencial – uma tarefa que a GIAF não estava a ser capaz de cumprir. “O Software PHC apresentava a credibilidade que procurávamos e possuía um preço concorrencial”, indicou Ricardo Teixeira, Director Financeiro da Universidade Portucalense, nomeadamente as soluções implementadas – PHC Advanced com os módulos PHC Gestão, PHC Imobilizado, PHC Pessoal e PHC Contabilidade.

O projecto foi conduzido e controlado directamente pela PHC e acompanhado pela empresa de consultoria de Tecnologias de Informação, IETC.

 

Benefícios da solução

Dado o complexo e exigente controlo que a Universidade Portucalense necessitava, era vital encontrar uma solução que potenciasse a organização, impulsionando uma gestão organizada. Isto foi conseguido com o Software PHC. A instituição de ensino centralizou todos os seus processos numa única plataforma, o que originou a agilização dos mesmos, melhorando os timmings de resposta, ao mesmo tempo que ofereceu um maior controlo de custos administrativos e operativos. “As soluções funcionam na perfeição entre si e permitem um acesso rápido e credível a toda a informação e, neste caso em específico, obtemos uma análise ao nível da contabilidade analítica tão pormenorizada, que conseguimos avaliar todos os investimentos, concretamente a rentabilidade dos centros de responsabilidade”, disse Ricardo Teixeira. Na Universidade Portucalense, cada curso ou evento está associado a um centro específico, pelo que é indispensável um controlo absoluto de todos os movimentos. “Num negócio como o nosso, a imputação das horas de docência é fundamental para podermos realizar uma gestão de custos, e neste caso a solução adequa-se na perfeição”, indicou o mesmo responsável. A solução está altamente adequada ao funcionamento da Universidade Portucalense. No entanto, e dadas as novas necessidades, “já estamos a evoluir para o PHC Enterprise e provavelmente actualizaremos a solução com novos módulos”, rematou.

Artigos Relacionados