ILMAR

Ilmar é gerida em tempo real graças a PHC

A ILMAR apresenta-se como uma das maiores empresas produtoras de máquinas para a fabricação de produtos em cimento. Graças a uma equipa dinâmica e profissional, à aposta na investigação e ao espírito empreendedor característicos da empresa, conseguiu tornar-se, em 10 anos, líder de mercado em Portugal.

A ILMAR utiliza os mais avançados e rigorosos métodos de produção, baseados em equipamento e tecnologia informática de ponta, que resultam em produtos de alta qualidade – máquinas robustas e de elevado desempenho, bem como moldes altamente resistentes ao desgaste. Na área de gestão, a performance da companhia não estava a acompanhar a inovação e modernização que a caracterizam, um factor que rapidamente foi identificado e corrigido pelos seus gestores.

 

Solução escolhida

“Tínhamos uma grande necessidade de adaptar a empresa e os seus processos às TI, de forma a tornar os mesmos mais eficazes e inovadores, tornando a empresa mais competitiva”, disse Pedro Martins, Sócio da ILMAR. De acordo com o gestor, a solução que utilizavam anteriormente, que na produção utilizava uma base de dados desenvolvida internamente, não estava a responder a todas as expectativas.

Após uma apresentação levada a cabo pela Parâmetro Global, empresa que ficou encarregue da implementação do projecto, os gestores verificaram que a solução da PHC “respondia aos requisitos actuais e futuros da ILMAR, pois trata-se de uma plataforma extensa e modular, que vai permitir acompanhar a evolução da empresa”.

A solução implementada assenta nas gamas PHC Corporate CS e PHC Manager Manufactor CS e é utilizada por vários departamentos, nomeadamente, pelas áreas administrativa, comercial, técnica e operacional, perfazendo um total de oito utilizadores. A empresa desenvolveu também um site de forma a aproximar os seus clientes a processos essenciais na empresa.

O projecto levado a cabo na ILMAR levou aproximadamente um ano até estar concluído. A extensa duração da implementação “foi uma escolha nossa, preferimos uma implementação alargada, pois desta forma todos os processos foram levantados, implementados e testados antes de serem colocados em produção”, disse Pedro Martins. No total, revelou, o tempo efectivo de implementação “foi de apenas 150 horas”.

Também os tempos de formação foram bastante reduzidos, fruto da intuitividade das aplicações e também do facto de todos os colaboradores terem estado envolvidos no processo de implementação. Além disso, acrescentou Pedro Martins, “a parametrização dos documentos e dossiers foi feita de forma a aparecer a informação indispensável a cada colaborador”.

 

Benefícios do projecto

Com os oito recursos já habituados às soluções da PHC, as mais-valias são bem visíveis. Na área administrativa, segundo Pedro Martins, os processos “foram muito optimizados, desde a encomenda do cliente que é automaticamente recebida no Software PHC, à possibilidade de criação de artigos, que também foi completamente automatizada com base em características dos mesmos, evitando a duplicação de códigos e tornando mais eficiente a sua pesquisa”. O processo de compras, continuou o responsável da ILMAR, “passou a ser realizado com base em requisições emitidas pela área de produção, o que representa um controlo mais apurado em termos de prazos de entrega, e o processo de montagem das máquinas nos clientes e o suporte pós-venda passou a ser suportado em dossiers criados para o efeito, sendo os custos apurados de forma imediata”.

Por outro lado, na área de produção, a capacidade que a empresa passou a ter em termos de planeamento da execução das encomendas e o seu acompanhamento em tempo real “permite analisar toda a informação da área produtiva, passando todas as equipas de produção a ter informação dos prazos pretendidos em cada operação, para cumprir os prazos de entrega”. No site da empresa, o cliente passou a ter também disponível a informação em tempo real do estado de produção da sua encomenda, na sua área reservada.

A ILMAR está plenamente satisfeita com a sua nova solução de gestão, contando com a mesma para o seu presente e futuro, não colocando de lado uma possível actualização em breve.

Junho 2011