Algarve Plantas

PHC Software ajuda Algarve Plantas a gerir clientes

Dedicada à importação e exportação de plantas, a Algarve Plantas já utiliza Software PHC® há cerca de 13 anos, sobretudo na área de facturação e gestão. A empresa actualizou agora o software para a gama PHC Advanced na versão 2010, munido de licenças de PHC Gestão para cinco utilizadores e de PHC POS para três utilizadores.

 

Solução escolhida

A Algarve Plantas tinha a necessidade de conseguir dar resposta a uma afluência muito grande de clientes em dias e horas específicas devido à natureza do seu negócio. A solução passava pela implementação de um sistema de recolha de dados automático que integrasse com o sistema de facturação e que permitisse responder às necessidades da Algarve Plantas. O PHC Advanced permitiu automatizar a entrada de stocks e a saída com etiquetas com códigos de barras, oferecendo uma gestão eficiente do negócio.

 

A escolha do implementador

Num projecto levado a cabo pela FPF, a Algarve Plantas decidiu confiar na recomendação do implementador e optar pela actualização das soluções da PHC Software que possuía, num projecto que prometia dinamizar a empresa em toda a área de gestão. Uma opção que, revelou Bert Windels, Administrador da Algarve Plantas, mostrou “ser a acertada”.

 

Benefícios do projecto

Com a solução a correr a 100 por cento, Bert Windels aponta com agrado que a empresa “conseguiu melhorar bastante a nível de gestão de facturação, de stocks, de clientes e de fornecedores”, o que trouxe também mais-valias directas para o negócio. O responsável da Algarve Plantas aponta ainda que a empresa “tem implementado um sistema PDT (Sistema integrado de registo de artigos com a facturação), o que também ajuda na gestão de stocks”.

Com apenas um mês de formação, os cinco utilizadores que têm contacto directo com a aplicação, três internos e dois externos, estão a conseguir tirar total partido da solução. “No geral, os utilizadores acham a aplicação intuitiva, tendo também aprendido muito por iniciativa própria”, continuou Bert Windels. Presentemente, está tudo bem agilizado, com a empresa a conseguir dar resposta às solicitações dos clientes quando estas acontecem.